Reportagem

Web Summit

A nona edição da Web Summit ocorreu entre os dias 6 e 9 de novembro de 2017, em Lisboa. Contou com 150 empresas portuguesas, onde muitas destas tornaram a estar presentes neste que é um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo.

Os bilhetes de entrada rondaram de mil a vinte e cinco mil euros.

Uma das empresas destacadas foi a que apresentou um programa para diagnosticar doenças do cérebro, a partir de ressonâncias magnéticas, analisando as características das diferentes doenças que afetam o cérebro. Esta empresa procura identificar padrões para ajudar os médicos a traçar um diagnóstico mais preciso e precoce.

A vencedora do concurso pitch do Web Summit 2017 foi a francesa Lifeina, ao apresentar o “frigorífico mais pequeno do mundo” que conserva a medicação, bem como relembra o paciente de a tomar. Esta afirma que este produto não é só um frigorífico. É uma ferramenta para o coração e para a liberdade”.

 

 

Maria Beatriz, 10ºA

 

 

Anúncios

No futuro cabemos todos

Tecnologias em Comunicação: Tecnologias em Comunicação. tecnolcomunic.blogspot.com

Tecnologias em Comunicação:
tecnolcomunic.blogspot.com

Nos últimos tempos somos todos os dias bombardeados com novas tecnologias: fogões elétricos, aspiradores automáticos, tablets que juntam as tecnologias de computadores e telemóveis e até casas e carros controlados por controlo remoto. A adesão às novas tecnologias tem sido feita em peso. Isto não significa que aqueles montinhos de metal, por muito inteligentes que sejam, substituam as pessoas. Isso é impossível; apenas acontecerá se os humanos deixarem.
O impacto das tecnologias na nossa vida não nos irá tornar mais inteligentes ou mais ignorantes.
Por um lado, o uso das novas tecnologias no trabalho tem ajudado muitos profissionais, simplificando o seu trabalho, mas nunca substituindo-os. Por exemplo, nos hospitais, o uso das máquinas ventiladoras ajuda os doentes a respirarem melhor, mas não significa que o doente esteja bem. Os médicos e enfermeiros são indispensáveis em tratamentos e recuperações. As máquinas mantêm as vidas, mas não lhes dão consolo e carinho, coisa que só um humano consegue fazer.
Por outro lado, há quem use as novas tecnologias para puro divertimento, como consolas, jogos de computador, filmes, redes sociais, entre outros. Prova disso é o tempo que muitas crianças e jovens passam em frente a televisões e consolas. Eles não se tornam ignorantes por estarem a jogar, mas sim por perderem demasiado tempo com o que não lhes ensina nada. Há crianças inteligentes que também jogam com consolas.
Concluindo, as pessoas não se tornam mais ou menos inteligentes, mais ou menos capazes por aderirem às novas tecnologias. Tudo depende da forma como gerem o tempo em contacto com as máquinas em contraste com o tempo que gastam comunicando com as pessoas.

Joana Mousaco,
12ºA

Android apps – IM+

Apresento-vos o IM+.

Volto hoje às aplicações cuja função primária é facilitar a comunicação. Afinal esta é a função primária dos telemóveis e, como temos visto, o sistema Android trouxe uma série larga de aplicações que potenciam essa comunicação, como nunca tinha acontecido anteriormente.

Podem pensar que esta aplicação é só mais programa de IM, mas esse não é o caso. Esta aplicação permite a união de dois mundos distintos, o da ligação ao chat e o envio de sms. Para além disso permite a reunião de todas as contas de IM numa só aplicação. Podes ligar-te ao Google, ao Facebook, ao Yahoo, ao Jabber, ao AOL, ao MSN, ao Skype, etc… E tudo na mesma interface, reunindo todos os teus amigos num só lugar. Se aderires também ao serviço Beep (grátis), podes até mandar sms grátis para todos os teus amigos que aderirem. É aqui que se juntam estes dois mundos. Para além de tudo isto, podes também enviar ficheiros e notas por voz…

Como vês, as possibilidades de utilização desta app são bastante largas e úteis. Agora só tens de fazer uma coisa: ir ao Android Market e fazer o download desta app para tirares todo o partido do seu potencial. Experimenta e diverte-te.

Texto: professor João Pinheiro

t-Shirt com ligação à internet

A “Cão Azul” (empresa de t-shirts em Lisboa) e a Ydreams (empresa portuguesa, líder mundial em realidade aumentada) estão a criar uma t-shirt que permite mostrar num ecrã, colocado na frente da t-shirt, mensagens de texto até 140 caracteres.
O ecrã tem o tamanho aproximado de uma folha A5 e espessura inferior a 2 mm. As mensagens são actualizadas a partir do mural do FaceBook e do Twitter. Nesta fase ainda apenas permite apresentar mensagens de texto, mas uma versão futura poderá apresentar também imagens e pequenos clipes de vídeo. A ligação à internet é assegurada por um adaptador bluetooth incorporado na t-shirt, que se pode ligar a um computador ou telemóvel, com acesso à internet.

Por enquanto ainda não há imagens deste produto, que se encontra ainda em protótipo com o nome provisório de “Social Tee”.