Apple pretende desenvolver equipamentos a energia solar

CapturaEcra

De acordo com a CNET, a Apple está a trabalhar no desenvolvimento de equipamentos capazes de recolherem energia solar de forma direta, convertendo-a em energia utilizável por computadores portáteis, telemóveis, etc.

Apesar da ideia não ser nova, este dispositivo terá a vantagem de ser simples e de incluir o seu próprio micro-controlador e carregador, de modo a converter a energia solar na energia necessária para carregar o aparelho portátil.

Podes encontrar mais informação sobre este projeto clicando aqui.

Texto: professor João Pinheiro

 

Blink — Cliente SIP

O programa que vos apresento hoje chama-se Blink e é um potente cliente SIP, talvez seja o cliente SIP que mais potencialidades coloca na mão do seu utilizador na versão PRO, paga, disponível apenas para MAC. Porém, não é desta versão que vos pretendo falar…

Este programa está também disponível para Windows e para Linux. É OpenSource e nestas versões “lite” já disponibiliza uma séria bastante larga de funcionalidades.

É possível, com este aplicativo, configurar quase todos os aspectos da sua interação com os operadores de SIP. Para além disso podes também ligar o número de contas que entenderes, colocar várias chamadas em espera e em conferência. Podes também importar todos os teus contactos do Gmail, enviar mensagens instantâneas via chat e receber e enviar ficheiros.

Agora já sabes, se precisas dum cliente SIP cheio de potencialidades, dá uma espreitadela ao Blink e és capaz de achar que este é realmente o melhor cliente SIP da atualidade.

Texto: professor João Pinheiro

Steve Jobs

Foto retirada deste site

Steven Paul Jobs, born February 24, 1955, is the co-founder and chairman of Apple. He was the Chief Executive Officer of Pixar until it was bought by The Walt Disney Company. He is currently the largest shareholder at Disney and a member of Disney’s Board of Directors.

He is seen as a leading figure in both the computer and entertainment industries.

Jobs is a Silicon Valley businessman most famous for his work with the company Apple Inc.

Together with Apple co-founder Steve Wozniak, Jobs helped make the idea of the personal computer popular in the late ’70s. In the early ’80s, still at Apple, Jobs was one of the first to see the commercial potential of using a mouse to use with the GUI. During this period, Apple had hired a number of other people to be president of the company.

In 1985 Apple’s Board of Directors got rid of Jobs from the company. Jobs then started NeXT, a computer platform development company which dealt with higher education and business markets. Apple’s 1997 buyout of NeXT brought Jobs back to the company he co-founded, where he worked as the CEO of Apple.

Jobs has had health problems for the last few years and almost died before he got a new liver. People were worried that if Jobs died, Apple would not be as good of a company anymore.

Filipe Louro

11º C

Novo Nano

O Natal é sempre uma exclente altura para oferecer presentes, nem que seja a nós próprios.

Se estão com falta de ideias, o novo iPod nano, além de ser pequeno e leve, tem um excelente design e fica bem em qualquer sítio.

Com uns minúsculos 37,5 mm x 40,9 mm x 8,78 mm (incluindo o clip) e com uns leves 21,1 g de peso é uma pequena (mesmo pequena) maravilha da tecnologia.

O novo desgin quadrado possui um ecrã táctil multitoque de 1,54 polegadas com 240×240 pixel de resolução, que ocupa a quase totalidade de uma face do dispositivo.

Possui também um clip para prender o iPod na roupa e apenas 3 botões físicos, um para acordar/colocar em suspensão e dois para aumentar e diminuir o volume. A restante navegação pelos menus do iPod é realizada através do ecrã multitoque.

É compatível cm uma grande variedade de formatos de audio de alta qualidade e tem também sintonizador de rádio FM.

A bateria de lítio permite até 24 horas de música, podendo ser completamente carregada através de uma porta USB em cerca de 3 horas.

Está disponível em Portugal a partir de 150 € (aproximadamente).

Treinem as vossas competências em língua inglesa com a análise ao iPod nano de sexta geração que está no vídeo seguinte.

iPad

Após vários meses de boatos e especulações, que a Apple não confirmou nem desmentiu, mantendo o suspense, finalmente foi revelado um novo produto Apple: o iPad.
O iPad encaixa na categoria dos TabletPC e possui

  • 24 cm x 19 cm x 1,3 cm (um pouco maior que um caderno A5);
  • bateria até 10 horas de autonomia;
  • 680 g ou 730 g de peso (dependendo do modelo);
  • ecrã sensível ao toque de 9.7″ (sensivelmente o mesmo tamanho do ecrã do Magalhães);
  • resolução de 1024×768 pixel;
  • espaço em “disco” flash de 16 GB, 32 GB ou 64 GB;
  • acelerómetro;
  • sensor de luminosidade;
  • microfone e colunas incluídos;
  • wi-fi, 3G, Bluetooth e GPS disponível apenas em alguns modelos.

No entanto revela-se um dispositivo decepcionante, pois faltam-lhe algumas características “essenciais”, como por exemplo uma câmara (os rumores pré-lançamento chegaram a falar em duas câmaras, uma para fotos e outra para video-conferência) e a capacidade de executar várias aplicações em simultâneo.
Esta é, na verdade, a principal falha do iPad. Permite executar todos os programas do iPhone, mas tal como o iPhone, apenas um de cada vez, não permite fazer a alternância de tarefas a que estamos habituados nos desktop e portáteis.
Basicamente, podemos dizer que o iPad é um iPhone grande, mas que não dá para fazer chamadas telefónicas.

Texto: Ilídio Vicente
Foto:Apple