InforMação

 

Incêndio em Mação

   No dia 23 de setembro de 2017 a região entre as localidades Pereiro, Chão  de Codes e Castelo pertencentes às freguesias de Mação  e Aboboreira  foi surpreendida por um grande incêndio.

   Os habitantes das três  aldeias com muita preocupação, por volta das três  da tarde, veem  subir uma grande coluna de fumo muito rapidamente e com barulho de camiões  de bombeiros  mais preocupados ficaram ainda.

   Neste início de outono a população das aldeias teve que lidar com mais um incêndio, pois ambas já teriam sido atacadas por várias  vezes por diversos incêndios no verão. Apesar de muitos incêndios que as aldeias com sucesso conseguiram defender.

   Os populares afirmam que os incêndios “vinham de mão humana”,  pois neste verão  mais ou menos  80% do concelho  teria ardido, e que os locais mais importantes como, por exemplo, a Câmara  Municipal  e a Junta de Freguesias teriam recebido cartas a dizer que Mação iria arder todo.

   Contudo, a população de Pereiro não sofreu grandes danos, apenas na parte inferior na estrada que encaminha para a aldeia de Castelo, que foi gravemente atingida por este incêndio tal como Chão  de Codes.

 

 

 

Daniel Rei, 10°A

 

 

Anúncios

Reportagens

Encontro de Bandas Filarmónicas em Gavião

“Sons ao Sul”

 

Dia 7 de outubro de 2017, às 21:30 horas, decorreu no Cineteatro Francisco Ventura, em Gavião, o primeiro Encontro de Bandas Filarmónicas “Sons ao Sul”, promovido pela Fundação INATEL em parceria com a Banda e a Câmara Municipal do município onde o evento decorreu.

A Fundação INATEL, em colaboração com a Federação de Bandas do Distrito de Portalegre, organizou um evento, o “Sons ao Sul”, um conjunto de concertos de várias bandas filarmónicas, que pretende reconhecer o trabalho que as bandas têm desenvolvido no âmbito sociocultural das suas terras, que se inaugurou num concerto em Gavião.

Este encontro contou com a presença da Banda Municipal Alterense, (de Alter-do-Chão) com aproximadamente 45 músicos, da Sociedade Filarmónica Veirense (de Veiros, Estremoz), com cerca de 40 músicos e, obviamente, com a presença da Banda Juvenil do Município de Gavião, com cerca de 55 músicos, somando no total aproximadamente 140 músicos. Cada banda apresentou um pouco da sua história e tocou por volta de 5 peças, o que fez com que o evento durasse em torno de 2 horas.

Este encontro contou com dezenas de pessoas pertencentes ao público, entre as quais os presidentes das bandas filarmónicas, o presidente da Câmara Municipal de Gavião, assim como os populares desta vila.

 

 

Maria João Matos, 10ºA

18 de maio – Dia Internacional dos Museus – Clube Europeu

IMG_5887

Clica na foto para veres as restantes fotografias.

DO GESTO À ARTE

                Dia 19 de maio celebrou-se o Dia dos Museus e para tal, alguma forma teria de se pensar para comemorar esta data. Um dos princípios que temos de respeitar é que, em primeiro lugar, está aquilo que é nosso, que é da nossa região; como não poderia deixar de ser: o Museu de Mação foi a escolha eleita.

            De uma forma permanente, o museu tem à disposição a exposição “DO GESTO À ARTE” que procura demonstrar a importância do trabalho manual desde os tempos primitivos: o uso da mão como principal instrumento de “fazer arte”.

            Podemos orgulhar-nos de ter uma das regiões em que a arte rupestre predomina, na Ocreza, temos vários exemplos de algumas culturas que pisaram a nossa terra, que a exploraram naquilo que de melhor tem; desenvolveram-na e ainda deixaram marcas para que todas as gerações futuras sejam testemunhas do seu trabalho e da sua passagem pela nossa zona.

            O museu desempenha essa função: a de nos “entregar” a mensagem que os nossos antepassados nos quiseram deixar.

Beatriz Branco   11ºA

PRAIA FLUVIAL DE CARVOEIRO DISTINGUIDA COM A BANDEIRA AZUL 2014

Este slideshow necessita de JavaScript.

Oito anos consecutivos de qualidade comprovada.
Este ano, a única no distrito de Santarém com este galardão.

A Praia Fluvial de Carvoeiro, no Concelho de Mação, foi novamente distinguida com o galardão Bandeira Azul, anunciou esta semana a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). Este é 8.º ano consecutivo que a Praia Fluvial de Carvoeiro recebe esta distinção, sendo em 2014 a única no Distrito de Santarém.

O anúncio oficial, feito esta quarta-feira, 30 de Abril, indica a distinção de 298 Praias Costeiras e Fluviais e 17 Portos de Recreio e Marinas galardoadas com a Bandeira Azul 2014.
Refira-se que a Bandeira Azul é atribuída mediante critérios de qualidade da água, de informação e educação ambiental, de gestão ambiental e de equipamentos e segurança. Para a Câmara Municipal de Mação esta distinção é naturalmente um motivo de orgulho e vem provar a qualidade da Praia Fluvial de Carvoeiro que, ano após ano, é mais visitada e destino de férias de muitas centenas de pessoas tendo sido vários os prémios e distinções que esta Praia tem recebido ao longo dos anos.

A Praia Fluvial de Carvoeiro localiza-se na localidade que lhe dá o nome, a cerca de 25 minutos de Mação. Tem sido uma agradável surpresa para todos aqueles que a visitam, não só pelo enquadramento e beleza naturais, mas também pela qualidade e das infraestruturas que a compõem. Dispõe de vários equipamentos que permitem ao visitante passar ali um dia agradável, como balneários, bar, parque de merendas e churrasqueira. Está ainda dividida com zona de banhos para adultos e para crianças.

Texto e fotos reproduzidos de vários órgãos de comunicação social on-line.

Barragem da Pracana

Já aqui vos mostrámos a Barragem da Pracana mas, nessa altura, a quantidade de água existente na albufeira era muito menor… Hoje, com as fotos tiradas pelo João Martins do 9.º C, queremos mostrar-vos a mesma barragem mas, agora, com o espectáculo provocado pela descarga de água, resultante da abundante chuva que tem caído.

http://www.flickr.com/apps/slideshow/show.swf?v=71649

Texto: João Pinheiro
Fotos: João Martins

FREGUESIA DE CARVOEIRO



Para quem não conhece a freguesia de Carvoeiro, aqui fica o resultado da pesquisa da Soraia Silva sobre esta freguesia do concelho de Mação.

Carvoeiro

Concelho => Mação

Área => 49,79 km²

População => 794 (habitantes, 2001)

Densidade => 15,9 hab., km²

Carvoeiro é uma freguesia portuguesa do concelho de Mação, com 49,79 km² de área e 794 habitantes (2001).

A origem do nome Carvoeiro não está devidamente esclarecida pois, enquanto algumas pessoas dizem que deriva do nome de jazidos de carvão por explorar que existem no sob-solo, há outras pessoas que dizem que o nome deriva de algumas árvores em grande quantidade, como por exemplo sobreiros e azinheiras.

É uma povoação muito antiga, desde cedo, se constituiu uma freguesia em conjunto com a Amêndoa e Belver, remontando ao principio da nacionalidade por volta de 1194. Nesta região foram encontradas ruínas, na Nossa Senhora da Moita foi encontrado, bem conservado, um vaso de cerâmica e telhas romanas. Muitas pessoas pensam que existiu uma povoação romana e, nas suas proximidades, um grande templo dedicado a Júpiter (deus da mitologia dos antigos romanos).

Carvoeiro, em 1464, obtém a carta de vizinhança, que permitia alguma liberdade de fazer trocas comerciais com povoações vizinhas.

Algumas localidades que pertencem a freguesia de Carvoeiro: Carvoeiro; Degolados; Capela; Galega; Maxieira; Pereiro e Vale de Santiago.

Algumas actividades económicas: Apicultura; Serração de madeiras; Agricultura e Construção de veículos para tracção animal.

Feiras: Feira anual (3ª Domingo de Agosto) e Expo Feira (Junho).

Festas e Romarias: São João Baptista (24 de Junho); Carvoeiro (29, 30 de Junho) e Senhor dos Passos (15 dias antes da Páscoa).

Locais de interesse turísticos: Aldeia de Laje e Praia Fluvial do Carvoeiro.

Gastronomia: Enchidos; Febras da matança; Filhós; Cavacas e Tigeladas.

Soraia Silva, 9.º A

BARRAGEM DA PRACANA

A Barragem da Pracana é um local espectacular para os amantes da pesca.

Nesta barragem existe uma grande variedade de peixes desde alburdios, carpas, barbos, peixe gato e achigã.
Como podem confirmar, tem uma vista 5***** e uma quantidade de peixe muito grande.
Aconselho fortemente a vossa visita a este magnífico local para aproveitarem a belíssima paisaguem sobre a Barragem da Pracana e a Zimbreira, no “castelo velho”, serra da Zimbreira-Envendos.

Podem ver as fotos aqui.

Texto e fotos: João Martins, 9ºC