A robótica na sala de aula

 

Que influência tem a robótica na sala de aula?

Dr. Seymour Papert é professor na Massachusetts Institute of Technology (MIT), matemático de formação mas é mais reconhecido na Inteligência Artificial. É mundialmente reconhecido pela sua visão de que as tecnologias podem influenciar as aprendizagens. [1]

Este visionário das tecnologias em sala de aula dizia na década de 60 “ que toda a criança devia ter um computador na sala de aula”. Foi uma afirmação que nessa década foi chamada de uma mera especulação, mas que, nos dias de hoje, já é uma realidade, se não o é na totalidade, falta muito pouco. [2]

Para Papert há duas perspetivas de ensino: o instrucionismo e o construcionismo. O instrucionismo nada mais é do que aquele que é aplicado em sala de aula tradicional. O professor é o expositor da matéria e o aluno apenas tem de “marrar” a matéria para os testes. Por outro lado, o construcionismo, é a própria criança que vai construindo o seu saber. [3] Segundo Papert, nesta perspetiva é o “aprendizado que constrói o próprio conhecimento por meio da interação com o software apropriado.” [4] O aluno estará assim a ensinar o computador a pensar. O autor defende que “as crianças farão melhor descobrindo por si mesmas o conhecimento específico de que precisam.” [4]

Mas afinal o que é que Seymour Papert tem a ver com a Robótica Educativa? Segundo os relatos, foi este investigador, o percursor desta atividade, “porque via no computador e nas suas possibilidades um recurso que atraía as crianças e com isso facilitaria o processo de aprendizagem”.[5]

Papert entre 1967 e 1968 desenvolveu uma linguagem de programação voltada para a educação, chamada de LOGO. [2] Esta linguagem de programação é simples e estruturada. Para o autor, programar significa “comunicar-se com o computador, numa linguagem que tanto ele (computador) quanto o homem podem “entender””. [6]

É fundamental que as pessoas se familiarizem com os conceitos lógicos e matemáticos usando atividades espaciais que ajudam o utilizador a formar os seus raciocínios cognitivos. [1] É uma linguagem que foi criada para ser usada com crianças, em que é apresentada uma proposta de ensino – aprendizagem, baseada nas teorias de Jean Piaget, em que as crianças podem ser vistas como construtoras dos seus próprios saberes. [1]

Papert defende que a aprendizagem é mais efetiva quando as pessoas criam. Ou seja, quando as pessoas pensam, planeiam, desenvolvem e executam as tarefas usando o computador, a aprendizagem dá-se efetivamente, não são apenas “recetores de um conhecimento pronto e acabado”. [3]

Uma outra teoria de Papert é que “as crianças também aprendem com os erros.”. Quando estão a programar, e se algo não está bem, as crianças apercebem-se de imediato, pois o erro é visto no ecrã do computador, e daí devem corrigi-lo. Com isto aprendem que nem sempre acertamos à primeira, mas muito provavelmente, onde foi cometido aquele erro, já não se repetirá. [6].

Foi com as ideias de Papert que se começou a introduzir a robótica nas salas de aula.

 

 

Professora Fátima Santos

 

 

Anúncios

Canal de Youtube do Agrupamento

 

Abriu recentemente o Canal de YouTube do nosso Agrupamento – o TV AEVH. Lá poderão encontrar vídeos feitos por professores e alunos sobre as diferentes atividades realizadas até agora.

Caso queiram contribuir, enviem os vídeos para tv@verdehorizonte.net com o título e a descrição pretendidos. Se quiserem uma imagem de capa específica, enviem-na também. Se o vídeo for muito “pesado” para enviar por email, também o podem partilhar com o mesmo endereço.

Para acederem ao canal podem usar o QR Code supra.

Colaborem num projeto que é de todos e para todos!

Lá vos esperamos!

 

Professora Ana Sofia Pereira

 

DESPORTO ESCOLAR NATAÇÃO 2018-2019

 

No âmbito do desporto escolar de Natação 2018-2019 foram já realizados os três encontros competitivos. Os resultados alcançados pelos alunos foram bastante satisfatórios, como evidenciado na grelha de resultados apresentada. Em prova marcaram presença, por competição, alunos das Escolas: Básica 2,3 Ciclos/Secundário de Mação; Secundária c/2º e 3º Ciclos Ensino Básico Doutor Manuel Fernandes de Abrantes; Secundária Dr. Solano de Abreu de Abrantes e Escola Básica 2,3/Secundário Luís de Camões de Constância; num total aproximado de setenta alunos por prova/encontro competitivo. Dos três encontros realizados, em 28 de novembro de 2018, 16 de janeiro de 2019 e 13 de março de 2019, coube à Escola Básica 2,3 Ciclos/Secundário de Mação a organização e a dinamização da competição realizada no dia 16 de janeiro 2019. Para além dos alunos participantes como nadadores, que felicito pelo empenho e dedicação à modalidade, e sobretudo pelos resultados, agradeço a colaboração dos alunos que desempenharam funções de cronometristas e arbitragem, garantindo a cada competição o brilho, a honra e o desportivismo necessário, nomeadamente aos alunos: Augusto Filipe, Beatriz Rodrigues, Mauro Correia e Rafael Pinto. Resta-nos agora aguardar pelos resultados do Ranking Final, de apuramento para a fase Regional, que por condições regulamentares, apenas os alunos, Nicole Duarte e Pavlo Nazarchuk poderão ser chamados a participar.

 

RESULTADOS

1º Encontro, 2º e 3º Encontros de Natação 2018-2019 –

 

ATLETA PROVA ESCALÃO 1º ENCONTRO

28 novembro 2018

2º ENCONTRO

16 janeiro 2019

3º ENCONTRO

13 março 2019

Ana Luísa Rocha 25m Costas Infantil B 3º Lugar 5º Lugar 3º Lugar
Carolina Loureiro 25m Costas Infantil B 4º Lugar 5º Lugar
Maria Beatriz Pires 25m Costas Infantil B 2º Lugar 2º Lugar 1º Lugar
Mafalda Parente 25m Livres Infantil B 2º Lugar 1º Lugar 1º Lugar
Amadeu António 25m Costas Infantil B 2º Lugar 2º Lugar
Amadeu António 25m Livres Infantil B 2º Lugar 3º Lugar
Guilherme Matos 25m Costas Infantil B 4º Lugar 6º Lugar 3º Lugar
Guilherme Matos 25m Livres Infantil B 3º Lugar 2º Lugar 3º Lugar
Francisco Oliveira 25m Livres Infantil B 1º Lugar
Francisco Oliveira 50m Livres Infantil B 1º Lugar
Francisco Oliveira 50m Bruços Infantil B 1º Lugar
Rodrigo Loureiro 25m Costas Infantil B 1º Lugar 1º Lugar 1º Lugar
Rodrigo Loureiro 25m Livres Infantil B 1º Lugar 1º Lugar 2º Lugar
Cristiana Lourenço 25m Costas Iniciada 2º Lugar 2º Lugar 2º Lugar
Rita Marques 25m Livres Iniciada 1º Lugar 1º Lugar 2º Lugar
Rita Marques 25m Bruços Iniciada 1º Lugar 1º Lugar 1º Lugar
Soykan Petrov 25m Pernas Costas Infantil B 1º Lugar 1º Lugar
Soykan Petrov 25m Pernas Livres Infantil B 1º Lugar 1º Lugar
Soykan Petrov 25m Costas Infantil B 7º Lugar 4º Lugar
Soykan Petrov 25m Livres Infantil B 4º Lugar
Bernardo Fontes 25m Costas Iniciado 1º Lugar 1º Lugar
Bernardo Fontes 25m Livres Iniciado 1º Lugar 1º Lugar
Bernardo Fontes 25m Bruços Iniciado 3º Lugar 2º Lugar
Marta Matos 25m Costas Juvenil 2º Lugar 2º Lugar
Marta Matos 25m Livres Juvenil 1º Lugar 1º Lugar
Marta Matos 25m Bruços Juvenil 1º Lugar 1º Lugar
Pavlo Nazarchuk 50m Costas Juvenil 1º Lugar Desclassificado 1º Lugar
Pavlo Nazarchuk 50m Livres Juvenil 1º Lugar 1º Lugar 1º Lugar
Pavlo Nazarchuk 25m Mariposa Juvenil 1º Lugar 1º Lugar 1º Lugar
Nicole Duarte 50m Livres Juvenil 2º Lugar 2º Lugar
Nicole Duarte 25m Mariposa Juvenil 1º Lugar 1º Lugar
Amadeu António, Guilherme Matos, Francisco Oliveira, Rodrigo Oliveira 4x25m Livres Infantil B 1º Lugar
Soykan Petrov, Guilherme Matos, Francisco Oliveira, Rodrigo Oliveira 4x25m Livres Infantil B 1º Lugar

A todos agradeço a dedicação e o empenho. Parabéns!

 

         Professora Cláudia Olhicas de Jesus

 

 

Mega Sprinter Distrital 2019

Mega Sprinter Escolar e Regional Lezíria e Médio Tejo

2018/ 2019

 

No dia 13 de fevereiro de 2019, aconteceu, na nossa escola, mais uma edição da competição de Atletismo – “Megas” (Sprint, Salto e Km), que contou com a participação de cerca de 110 atletas.

Esta competição teve como objetivo selecionar os melhores de cada prova, para representar a nossa escola, na competição distrital em Abrantes no dia 14 de março de 2019.

No Mega Sprinter Distrital da Lezíria e Médio Tejo participaram 25 alunos da nossa escola, que brilharam com a sua dedicação, empenho e fairplay.

Todos os atletas mostraram o trabalho realizado nas aulas de Educação Física, para revelarem as suas capacidades.

De todas as participações destacamos os alunos Dinis Branco e Maria Pires, que chegaram às meias-finais na Corrida de velocidade e o aluno Rodrigo Loureiro que também chegou às meias-finais na Corrida de velocidade e alcançou um magnífico 3º lugar na prova de Salto em comprimento.

Parabéns!

 

A coordenadora do Desporto Escolar

Eva Patrício

Desporto Escolar

Megas Fase Escola

 

No dia 13 de fevereiro de 2019, aconteceu, na nossa escola, mais uma edição da competição de atletismo – “Megas” (Sprint, Salto e Km).

Esta competição tem como objectivo seleccionar os melhores atletas, para representar a nossa escola, na competição distrital em Abrantes no dia 14 de março de 2019.

Todos os atletas mostraram a sua dedicação e trabalho realizado nas aulas de Educação Física, para revelarem as suas capacidades.

Parabéns!

 

A coordenadora do Desporto Escolar

Eva Patrício

Corta-mato Escolar

Corta-mato Escolar 2018/2019

 

No passado dia 10 de janeiro de 2019, realizou-se na nossa escola o Corta-mato Escolar, que contou com a participação de cerca de 135 alunos do 1º, 2º, 3º Ciclos e Secundário.

O dia, apesar de frio, estava soalheiro, revelando-se perfeito para a prática desportiva.

Os alunos participantes demonstraram muito empenho e fairplay pelos adversários, cumprindo, em corrida, as distâncias propostas.

Os 6 primeiros classificados de cada escalão/sexo foram apurados para o Corta-mato distrital, a decorrer em Almeirim no dia 25 de janeiro de 2019.

Parabéns a todos os participantes.

 

A Coordenadora do Desporto Escolar

Professora Eva Patrício

Escrita criativa

 

Um desejo realizado

 

Num dia de céu limpo, um menino chamado Mateus foi dar um passeio de bicicleta na floresta.

A certa altura, Mateus ouviu um pedido de socorro e ele, curioso, foi ver. Era o seu herói preferido Percy Jackson que estava preso numa armadilha e rodeado de muitas cobras.

Percy Jackson era alto, magro, inteligente, aventureiro, curioso e forte. Quando ele o viu, pediu ajuda, Mateus como sabia muito de sobrevivência, construiu imediatamente um arco e algumas flechas e matou as cobras. Depois de matar as cobras soltou com muito cuidado Percy Jackson que disse:

– Obrigado por me teres soltado e teres matado as cobras, como te chamas?

-Eu chamo-me Mateus, como é que tu foste aí parar?

-Eu vinha passear à floresta, tinha sede e aproximei-me de um lago e depois fiquei rodeado de cobras, e tu o que vieste aqui fazer?

-Eu vim para andar de bicicleta e depois ouvi o teu pedido de socorro, o que queres fazer?

– Ia à procura do meu pai para falar com ele.

-Então eu ajudo-te a procurá-lo.

Depois de muitas horas a andar, encontrámos o pai dele.

Para concluir, o Mateus concluiu o seu sonho de ser amigo do seu ídolo.

 

Mateus Fouto, 9ºB