Poesia

As palavras

São azuis como o céu e as águas brilhantes dos rios, dos lagos e do mar

Voam como as aves que rasgam o céu indo para Sul

Planam como os papagaios de papel dourado

Sopram como o vento nas tempestades

Flutuam como os dentes de leão

Aquecem todos os que as ouvem como o Sol e a fogueira

Com elas escrevo saúde, amor, família, planeta e sonhos.

A minha história num poema…

 

Texto poético coletivo, 7ºA

 

Receitas do 12ºB

Croissant

 

ingrédients

300g de farine sans levure;

140 ml d’eau;

140 ml de lait demi-écrémé;

55 g de sucre en poudre;

40g de beurre non salé;

11 g de levure de boulanger;

12 g de sel;

280 g de beurre non salé;

1 jaune d’oeuf M.

 

Les procédures

MASSE:

  • 1 : sur un large et lisse banc, mettre la farine en tas puis faire une tombe au milieu. Ajouter le lait lentement.
  • 2 : Ajouter le beurre et la levure et le crumble, ajouter tous les ingrédients progressivement.
  • 3 : Engager des mouvements concentriques.
  • 4 : Commencer à travailler la pâte à deux mains jusqu’à ce qu’elle soit homogène.
  • 5: Former une boule et placer-la dans un bol large et profond. Couvrir avec du film alimentaire. Laisser le bol à la température ambiante et laisser-le lever pendant 15 à 30 minutes.
  • 6: Couper le beurre en tranches et les placer alignées entre deux feuilles de papier sulfurisé.
  • 7: Rouler la pâte jusqu’à former un rectangle de 1 mm de hauteur.
  • 8: Réserver le beurre entre des feuilles de papier sulfurisé (dans un endroit frais).
  • 9: Étendre sur un comptoir fariné.
  • 10. Mettre le beurre sur la pâte et retirer la feuille de papier sulfurisé.
  • 11. Plier la pâte en quatre parties.
  • 12. Étendre et plier la pâte 5 à 6 fois pour créer de fines couches dans la pâte. Sacher que la pâte ne doit pas rétrécir et que le beurre ne doit pas fondre. Si cela se produit, remettre la pâte au réfrigérateur (maximum 30 minutes).
  • 13. Jeter les côtés de la pâte et observer les fines couches – le succès de la pâte réside dans la fusion parfaite de la pâte avec le beurre.
  • 14. Étaler la pâte parfaite en forme de rectangle. Faire une coupe longitudinale.
  • 15. Couper les triangles le long de la masse comme dans l’image.
  • 16. Rouler le croissant:
  • (1.) Étendre légèrement la pointe du triangle.
  • (2. )Couper la base du triangle
  • (3. )Rouler jusqu’à former un croissant
  • (4.) Tourner légèrement les pointes des croissants vers l’intérieur.
  • 17. Placer les croissants sur une plaque à pâtisserie recouverte de papier sulfurisé et laisser reposer 30 à 40 minutes. Badigeonner de jaune d’oeuf et cuire à 180 ° C pendant 20 minutes ou jusqu’à coloration dorée.
  • 18. Les croissants sont prêts à manger. Accompagner de confitures ou de pâte à tartiner.

 

 

Trabalho realizado por:

Daniel e Diana, Disciplina de Comunicar em Francês

Exposição “Perspetiva Cónica do Quadrado”

 

Esteve patente entre os dias 27 e 31 de janeiro a exposição com o tema “Perspetiva Cónica do Quadrado” com trabalhos do 9º ano, da turma B, estes realizados na disciplina de educação visual.

Os alunos utilizaram para a sua concretização várias técnicas, tendo esta unidade de trabalho como objetivo a perceção do objeto em 3D a partir de um ponto de vista do observador.

Professora Camila Fernandes

Notícias da L.E.C.A.

In Contos de Encantar

 

Pulgas e Pulguinhas

            Era apenas um dia numa tarde de novembro em Ferreira do Zêzere, quando a Joana decidiu adotar um cão, pois morava sozinha e queria companhia .

Mas como ela não era muito decidida, ligou à mãe para perguntar se podia ir com ela:

-Vá lá, mãe, é só desta vez, eu juro!

-Está bem, filha, mas já devias tomar as tuas próprias decisões.

Quando a mãe chegou a casa dela, começaram por escolher onde iriam.

-Serra da Estrela.

-Não, muito longe – prosseguiu a mãe.

-Abrantes, pode ser?

-Hum… acho que sim.

-Ainda bem.

Chegaram a Abrantes, elas escolheram o cão e foram embora.

-Au, au  – ladrava o cão alegremente.

-Fizemos bem em adotar este pastor alemão – comentavam as duas.

Todavia, entrou em casa, já sozinha, e esqueceu-se de lhe dar banho e ele estava cheio de pulgas e pulguinhas.

Jantaram e tinha chegado a hora de ir dormir. Como era o primeiro dia com o cão, dormiu com ele na sua cama.

Escaparam-se horas e horas, o despertador tocou, levantou-se e tomou o pequeno-almoço, sentou-se no sofá e esperou o cão acordar.

-Hahaha – ria ela enquanto assistia à televisão – o que é isto,… estou cheia de comichão …, devia de ter dado banho ao cão!…

Como ela era comichosa , preguiçosa e corajosa , passou a dar , todos os dias , banho ao cão.

 

Inês Jesus Ferreira, 7ºA

Notícias da L.E.C.A.

A CRISE MAIS INESPERADA

Elianor vivia numa tribo no deserto do Saara, na qual era rainha. Infelizmente, passava-se por uma crise de fome (tanto os humanos, como os animais).

Quando, subitamente, lhe apareceu uma alcateia de lobos esfomeados, que perseguiam os elementos da tribo até à morte.

-Minha duquesa, estão a aproximar-se animais famintos, que podem comer tudo e todos. – disse o conselheiro.

-Eu ordeno-vos que migrem para Portugal, lá haverá comida e bebida suficientes para nós.- decretou a minha irmã.

E assim foi, refugiaram-se na serra da Estrela. Mas, antes, pararam numa mercearia perto de lá.

-Onde posso encontrar alimento? – perguntou ela.

-Segue em frente, no corredor à direita. – respondeu a senhora da mercearia desconfiada.

Continuaram a migração, até que avistaram uma montanha.

-Deve ser aqui! – exclamou um membro da tribo.

-Avancemos.

(Que história bizarra!)

Subiram ao cimo da serra, onde encontraram o Pai Natal e o

Génio da Lâmpada.

-O que são vocês? – perguntou o grupo.

-Ainda não nos conhecem? –murmuraram os dois.

-Aaahh! É o gordinho que rouba leite e bolachas às crianças e o outro é uma manta azul que flutua e que vem de uma lâmpada velha e enferrujada. – prosseguiu o massagista da rainha.

-Shiuu! Calem-se plebe! Quero ouvir o que eles têm a dizer.

-Para provarmos que vocês são mentirosos, iremos, daqui a uma semana, conceder quantos desejos vocês quiserem!

E passou-se uma semana, e lá estavam eles à espera do Pai Natal e do Génio da Lâmpada.

-Vossa excelência – disse o conselheiro – eu acho que eles nos enganaram.

-Não, jamais! Esperem mais um pouco.

Passaram horas e sem sinal deles!

Será que eles foram mentirosos?

 

 

Inês Jesus Ferreira e Diana Oliveira, 7ºA

 

Workshop “Como apresentar um trabalho oral” – Clube de Debates

 

Inês, Maria Clara e Margarida… Três jovens que integram a SDAL, Sociedade Académica de Debates de Lisboa, deslocaram-se ao Agrupamento, no dia 23 de janeiro para dinamizar o workshop “Como Apresentar um Trabalho Oral”.

À sua espera, no auditório, 70 alunos do secundário regular e profissional, com a preocupação de criar oportunidades para todos, oportunidades de inclusão.

O workshop teve por base uma dinâmica interativa, alternando teoria e práticas experimentais.

Depois de uma breve apresentação e partilha dos  seus diferentes percursos e das suas vontades de fazer parte da SDAL, as três jovens universitárias do 3º ano de Direito e do 1º ano de Informática, explicaram e mostraram algumas das técnicas mais usadas na apresentação de um trabalho oral. Deste modo, os nossos alunos puderam relembrar, aprender e consolidar exemplos de boas práticas no que à apresentação de trabalhos orais diz respeito. Postura, projeção da voz, personalidade, sentido de humor, elaboração de tópicos, estética, extensão do trabalho, detalhe, exemplificação ou audiência foram mencionados como pontos a ter em linha de conta.

Seguidamente, os nossos alunos tiveram a oportunidade de experimentar! Escolheram temas como o Brexit, a Teoria da Terra Plana, Netflix ou videojogos em contexto escolar e prepararam as suas apresentações.

Depois,… Bem, …Depois foi só refletir e criticar de forma construtiva para perceber COMO APRESENTAR UM TRABALHO ORAL!

Texto: Prof. Sílvia Ramadas

Clube de Debates

Receitas do 12ºB

 

CROQUE MONSIEUR

INGREDIENTES:

  • 8 fatias de pão de forma
  • 1 chávena de queijo ralado
  • 4 fatias de presunto
  • 4 fatias de fiambre
  • 4 fatias de queijo
  • 1 pacote de béchamel
  • b mostarda
  • b tomilho

 

CONFEÇÃO:

  1. Pré-aqueça o forno a 200°C;
  2. Coloque no tabuleiro do forno as fatias de pão de forma para que tostem ligeiramente, cerca de 5 minutos;
  3. Retire depois o pão do forno e unte cada fatia com a mostarda;
  4. Por cima, coloque uma fatia de presunto, outra de queijo e ainda outra de fiambre;
  5. Cubra com outra fatia de pão de forma e coloque na travessa de ir ao forno;
  6. Regue com o béchamel e polvilhe com o queijo ralado;
  7. Leve ao forno a gratinar, por cerca de 10 minutos;
  8. Selecione agora a grelha superior e deixe que ganhe um ligeiro tom dourado por cima;
  9. Antes de servir, polvilhe as sanduíches com raminhos de tomilho ou salsa picada (opcional).

 

 

 

CROQUE MONSIEUR

 

INGRÉDIENTS:

  • 8 tranches de pain
  • 1 tasse de fromage râpé
  • 4 tranches de jambon
  • 4 tranches de jambon
  • 4 tranches de fromage
  • 1 botte de béchamel
  • qb de moutarde
  • qb de thym

 

CONFECTION:

  1.   Préchauffez le four à 200°C;
  2.   Placez les tranches de pain dans la plaque à four de manière à les faire griller légèrement, environ 5 minutes;
  3.   Retirez le pain du four et graisser chaque tranche avec de la moutarde;
  4.   Sur le dessus, mettre une tranche de jambon, un autre de fromage et un autre de jambon;
  5.   Couvrir avec une autre miche de pain et placer dans un plat allant au four;
  6.   Arroser de béchamel et saupoudrer de fromage râpé;
  7.   Cuire au four pendant environ 10 minutes;
  8.   Maintenant, sélectionnez la grille du haut et laissez-la prendre une légère teinte dorée dessus;
  9.  Avant de servir, saupoudrez les sandwichs de branches de thym ou de persil haché (facultatif).

TRABALHO ELABORADO POR:

DANIELA MATOS, JOANA LEITÃO e MARIA GOMES, 12º B.

 

Desporto Escolar Megas Fase Escola

 

No dia 22 de janeiro de 2020 aconteceu, na nossa escola, mais uma edição da competição de atletismo – “Megas” (Sprint, Salto e Km).

Esta competição tem como objetivo selecionar os melhores atletas, para representar a nossa escola, na competição distrital em Abrantes no dia 12 de março de 2020.

Todos os atletas mostraram a sua dedicação e trabalho realizado nas aulas de Educação Física, para revelarem as suas capacidades.

Parabéns!

 

 

 

A Coordenadora do Desporto Escolar

Eva Patrício

O MEU DIA DE TABLETS NA ESCOLA – APRENDER COM JOGOS

Hoje, dia 16 de janeiro, o dia de escola foi muito divertido a trabalhar com o tablet. Fiz jogos muito divertidos de foguetões, de bombeiros e de construir cidades. Na parte da tarde, o tablet já tinha teclado e assim escrevi muitas palavras. – MARIA LEONOR

Hoje foi um dia divertido porque pudemos aprender jogando. Foi uma aula diferente porque joguei e aprendi com o tablet. Pesquizei no B e K, na Biblioteca do Gigante e na AD-2, tudo no tablet. – RAQUEL

Hoje o meu dia foi especial. Eu estudei todas as disciplinas de Matemática, Estudo do Meio e Português no tablet. Fiz muitos exercícios, joguei todos os jogos, fiz desenhos e pintei tudo no tablet. – ARIANA

Eu gostei muito da aula dos tablets. O jogo da Biblioteca do Gigante foi divertido. – FRANCISCO

Adorei o dia o dia de hoje porque trabalhei nos tablets. Joguei muito no B e K. Aprendi muito. Gostei de ver os tablets todos novos. – BRUNA

Eu trabalhei nos tablets e foi mesmo muito divertido. Tinha muitos jogos de matemática. Muitos meninos adoraram esta atividade. Deveremos fazer mais vezes. – MADALENA

Hoje trabalhámos com os tablets na sala de aula. Gostei de estar na BIBLIOTECA DO GIGANTE onde havia jogos, histórias e muito mais coisas. – MATILDE

Eu gostei do dia de hoje porque foi diferente. Explorei o tablet onde joguei e estudei. – BIANCA

Gostei do dia de hoje porque trabalhei nos tablets, trabalhámos sozinhos e depois com os colegas em conjunto. Adorei estudar assim. – LAURA

Gostei de estudar e trabalhar Matemática no tablet e dos puzzles que construí. Foi uma boa surpresa esta aula que tivemos. – TOMÁS GASPAR

Hoje foi um dia divertido porque pudemos aprender jogando. Foi uma aula diferente porque joguei e aprendi com o tablet. Pesquizei no B e K, na Biblioteca do Gigante e na AD-2, tudo no tablet. – RAQUEL

 EB de MAÇÃO

TURMA MAC 3 – 2º ANO

Prof.ª Paula Candeias

Visita ao Centro de Ciência Viva de Constância

No dia 9 de janeiro de 2020, os alunos da turma MAC6 do quarto ano de Escola Básica de Mação deslocaram-se a Constância para aprender mais sobre o Sistema Solar.

Pudemos, em grupo, brincar e programar um robot – o Kubeto, com a ajuda de técnicos do Centro de Ciência Viva. Entramos no Planetário e apreciamos o céu noturno com estrelas, planetas, os movimentos da Terra, o nascer e o pôr do sol, os desenhos das constelações e a Via Láctea – uma espécie de caminho feito do leite que os anjos deixavam cair quando o levavam aos Deuses. Entramos na cabine de um avião a jato Lockeed T33 cedido pela Força Aérea Portuguesa e mexemos nos comandos. Pudemos também experimentar a sensação de rodar num giroscópio humano, equipamento concebido pela NASA para treinar pilotos e astronautas numa situação de descontrolo da nave. No final, observamos o parque exterior com a representação da Terra e de outros planetas.

Foi uma visita curta, numa manhã muito divertida onde aprendemos muito sobre o planeta onde habitamos. Depois da visita, elaboramos materiais que expusemos na nossa escola.

Turma Mac 6

(professor José Manuel Sequeira)