Opinião

A Idade Média e o fascínio que exerce na atualidade

 

Atualmente, as pessoas têm um grande fascínio pela Idade Média.

A Idade Média foi um período de grandes mudanças. Como o próprio nome indica, foi o período de tempo entre a antiguidade e os tempos atuais.

Sim, houve grandes mudanças, mas, na minha opinião, nada que pudesse causar assim tanto fascínio pela parte das pessoas na atualidade.

Eu penso que as maiores mudanças foram na língua, que teve uma enorme evolução, e continua a evoluir, e na cultura, que, não tanto como a língua, também evoluiu bastante.

Hoje em dia, em Portugal, fazem-se as chamadas feiras medievais, onde as pessoas se vestem a rigor, como antigamente e se divertem como antigamente. Considero que é bom “reviver” o passado, e mostrar, principalmente aos mais novos, como era viver naquela época, sem tecnologia como a de hoje em dia, sem liberdade como a de hoje em dia.

Atualmente, nós, os adolescentes, temos demasiada liberdade, comparada à que os nossos avós deram aos nossos pais, ou até mesmo à que os nossos bisavós deram aos nossos avós, e mesmo assim continuamos a reclamar do que temos.

Eu julgo que consigo entender o gosto pela Idade Média, mas o fascínio não.

 

Maria João Matos, 10ºA

 

 

Anúncios

Reportagens

Feira dos Santos | Mação

Fez dia 1 de novembro 217 anos que Mação recebe a tradicional Feira dos Santos.

Esta feira é muito popular na região pela tradição que é e pela diversidade de produtos que lá podemos encontrar.

Perto do Jardim Municipal estavam os cereais e os frutos secos; na parte histórica de Mação, as latoarias, as árvores de frutos, as flores, os queijos, os panos para a apanha da azeitona e outros materiais agrícolas.

No Largo dos Bombeiros encontra-se muita variedade de equipamentos, desde utensílios agrícolas a tratores.

Esta feira é tão especial para quem é de Mação e para quem faz uma viagem para poder visitar porque podemos presenciar uma recriação de um mercado à moda antiga, numa tenda montada exclusivamente para este efeito, junto ao Largo dos Combatentes, onde Associações, Instituições de Solidariedade Social e Escolas apresentam bancas recheadas de produtos caseiros, artesanais e agrícolas. O que se procura mais neste espaço são os tradicionais Bolos dos Santos, broinhas, pão caseiro, legumes, ervas aromáticas, frutos secos que as pessoas conseguem adquirir muito mais baratos do que nos outros locais.

Pela quantidade de gente que esta Feira dos Santos movimenta, podemos concluir que é uma feira muito reconhecida pela população do concelho e até de outros concelhos mais próximos.

Bernardo Claro, 10º A

 

 

 

Atividades da Biblioteca

Começam na próxima segunda-feira, dia 20, e termina na quinta-feira, dia 30, de novembro as nossas feiras do livro, nas bibliotecas escolares do agrupamento.

Apareçam para conhecer as últimas novidades de publicações nacionais e internacionais.

Como sempre os preços dos livros são óptimos.

 Esta atividade, como todas as outras, teve o apoio do senhor Diretor do Agrupamento e da sua direção.

 A equipa da biblioteca escolar,

António Bento

Texto de opinião

A Idade Média e o fascínio que exerce na atualidade

 

Atualmente, as pessoas têm um grande fascínio pela Idade Média.

A Idade Média foi um período de grandes mudanças. Como o próprio nome indica, foi o período de tempo entre a antiguidade e os tempos atuais.

Sim, houve grandes mudanças, mas na minha opinião, nada que pudesse causar assim tanto fascínio pela parte das pessoas na atualidade.

Eu penso que as maiores mudanças foram na língua, que teve uma enorme evolução, e continua a evoluir, e na cultura, que, não tanto como a língua, mas também evoluiu bastante.

Hoje em dia, em Portugal, fazem-se as chamadas feiras medievais, onde as pessoas se vestem a rigor, como nessa época, e se divertem como antigamente. Considero que é bom reviver o passado, e mostrar, principalmente aos mais novos, como era viver naquela época, sem tecnologia como a de hoje em dia, sem liberdade como a de hoje em dia.

Atualmente, nós, os adolescentes, temos demasiada liberdade, comparada à que os nossos avós deram aos nossos pais, ou até mesmo à que os nossos bisavós deram aos nossos avós, e mesmo assim continuamos a reclamar do que temos.

Eu julgo que consigo entender o gosto pela Idade Média, mas o fascínio não.

 

Maria João Matos, 10ºA

 

 

Feirinha de outono

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 16 de novembro realizamos uma feira mostra de outono no Jardim de Infância e EB1 de Cardigos.

Decoramos a sala com objetos históricos, alguns utilizados pelos nossos avós. Aproveitamos também para fazer uma mostra da gastronomia e doçaria local (bolos tradicionais, mel, tartes, compotas e geleias de frutos de outono…), e de alguns produtos agrícolas (couves, alfaces, abóboras, espinafres, azeite, pão…).

Ao longo do dia vieram muitas pessoas para ver a nossa exposição e reviver momentos do seu passado através da visualização dos objetos expostos que mostravam um pouco da cultura da comunidade local.

Foi um dia inesquecível porque a brincar aprendemos um pouco da história e cultura dos nossas antepassados. Também vimos e interagimos com adultos que já não víamos há muito tempo e também com os nossos familiares.

Alunos do JI e EB de Cardigos

feiradolivro

É já a partir de dia 15 de novembro que se irão iniciar as nossas feiras do livro. Uma na biblioteca da escola sede e a outra na biblioteca escolar da Escola do 1º ciclo do Ensino Básico.

É necessário, cada vez mais, promover o interesse, o contacto, o manuseamento com os livros apoiando o gosto, o estímulo, o incentivo pela leitura, como forma de prazer e de complemento de aprendizagens, criando espaço de partilha com todos e servindo de ponto de encontro para todos.

Esta atividade, como todas as outras, teve o apoio do senhor Diretor do Agrupamento e da sua direção.

A equipa da biblioteca escolar,

António Bento

Exposição/venda de livros

Este slideshow necessita de JavaScript.

Está a patente, na Biblioteca Escolar, uma exposição/ venda de livros da escritora Isabel Ricardo e do escritor Nuno Valente, que estarão presentes na Semana da Leitura, que irá decorrer na primeira semana de fevereiro.

Flyer Isabel Ricardo

Livros da Isabel Ricardo

A vinda destes escritores ao nosso Agrupamento só é possível com o apoio do Diretor e da sua direção.

  A equipa da biblioteca escolar,

   António Bento