Visita de Estudo a Lisboa

img_07501

No dia 03 de janeiro realizou-se uma visita de estudo das turmas do 9º ano no âmbito das disciplinas de Físico-Química, Ciências e Português. Chegados a Lisboa dirigimo-nos ao Pavilhão do Conhecimento onde tivemos a oportunidade de visitar a exposição «Espinafres e Desporto» que destaca a atividade física e o corpo humano, proporcionando a consolidação de conhecimentos adquiridos.

No período da tarde assistimos à peça de teatro «Auto da Barca do Inferno», no Auditório  do Colégio Pedro Arrupe, a qual se desenrola em vários planos e evoca certos tipos sociais, ainda bem visíveis na atualidade.

Por fim, resta acrescentar que a Visita de Estudo foi interessante e educativa, cumprindo plenamente os objetivos, sem deixar de ser descontraída e divertida.

 

Os Alunos das turmas A e B do 9º ano.

Anúncios

Outono

Bem me lembro quando era pequenina

De ver a folha a cair…

Ficava com mais adrenalina

Nem imaginam o que estava a sentir!

No meio das folhas do Outono

Eu não parava de caminhar

Também nunca senti abandono

Pois o meu “ar” estava a respirar.

Aquela sensação

Ficará sempre no meu coração

Porque todos os momentos

Dão cor aos pensamentos…

Sentir os pássaros a abalar

É sentir que daí a pouco estão a voltar…

Carolina Santos   Nº3/7ºB

Visita de estudo à Peggy Sage

IMG_0223

  No dia 21 de novembro, a turma do Curso de Educação e Formação de Estética do Corpo e do Rosto deslocou-se à Peggy Sage, em Alverca, para observar a dinâmica de uma empresa de produtos de estética quer ao nível da comercialização quer ao da aplicação dos mesmos.

                No tocante à comercialização, as alunas ficaram a par dos produtos de maior qualidade e da melhor maneira de os vender junto de potenciais clientes. Relativamente à utilização, tiveram oportunidade de assistir e colaborar em tratamentos do rosto e das unhas.

                Foi uma visita proveitosa e motivante para o nosso futuro.

Tatiana Coelho- nº22 /CEF – 1A

Conferência “ Limites e Regras: problemática ou solução”

IMG_2024

Decorreu no dia 14 de junho, promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Mação (CPCJ) a conferência proferida pelo Professor Doutor Nuno Colaço, no auditório Elvino Pereira em Mação, contando com a presença do Vice – Presidente da Câmara Municipal e Presidente da CPCJ de Mação Dr. Vasco Estrela e o Presidente da Associação de Pais do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte, Dr. José Carlos Veríssimo.

Perante uma plateia deveras interessada, foi feita uma abordagem ao tema destacando a importância da afetividade, amor e carinho na formação da personalidade das crianças e jovens. Reforçou ainda a ideia de que os pais devem ser um exemplo para os filhos.

A satisfação era visível no rosto de todos aqueles que interessadamente participaram na sessão.

IMG_2034Texto: Maria da Luz Faria

Fotos: Margarida Lopes

Natal

MeninoNeste Natal…

Temos Amor?

Temos Paz?

Temos União Familiar?

Temos a Fraternidade dos nossos amigos?

Então, vivamo-lo como o melhor Natal das nossas vidas!

E recordemos o nascimento do Deus Menino!

Professoras: Anabela Ferreira; Maria da Luz Faria

Fizemos teatro na aula de Português!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois de termos escrito os nossos textos, chegou o dia de os representar.

Cada grupo trouxe a respetiva roupa para dar vida às suas personagens.

Criámos o cenário com uma mesa, uma cadeira e uma ventoinha e, em seguida, cada um de nós fez o melhor que pôde para o público presente (a turma).

Gostamos da experiência, aprendendo a importância das didascálias (roupa, luz etc…).

Voltaremos a fazer teatro, mas para toda a escola …

Alunos do 7ºC

Fotos : Maria da Luz Faria

Visita de Estudo a Lisboa 7º Ano turmas B/C

              No dia 28 de Fevereiro de 2012, realizou-se uma visita de estudo ao Pavilhão do Conhecimento e ao Auditório do B.E.S para assistir a uma peça de teatro com os alunos do 7ºAno, turmas B e C, no âmbito das disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências Naturais.

            Pelas nove horas todos os alunos das turmas envolvidas estavam em frente à escola aguardando a chegada do autocarro. Entrámos com muita alegria e fizemos uma longa viagem até Lisboa, mas, como é habitual, a meio da viagem parámos numa área de serviço.

            Quando chegámos a Lisboa a primeira coisa que visitámos foi o Pavilhão do Conhecimento que foi muito divertido, pois assistimos a várias exposições muito divertidas e ao mesmo tempo pedagógicas, que envolveram sobretudo a Química e a Física.

          Esta visita durou até cerca das 13:00h. Como o tempo era pouco almoçámos em frente ao pavilhão aproveitando a frescura do verde e o azul do Tejo.

            Acabado o almoço, voltámos ao autocarro e fomos até ao Auditório do B.E.S onde assistimos à representação da obra, por nós já estudada na disciplina de Língua Portuguesa, “ O Cavaleiro da Dinamarca”  de Sophia de Mello Breyner Andresen.

            Terminada a peça, iniciámos a viagem de regresso e chegámos a Mação, por volta das 19:10h.

            Gostei muito desta visita de estudo, pois foi muito interativa e lúdica.

                                                     Inês Pereirinha nº11 7ºC

Toponímia – Queixoperra

     Partimos à descoberta do nome da nossa aldeia: Queixoperra. Por entre muitas versões seleccionámos, transcrevendo, aquelas que nos pareceram as mais consensuais: “ este nome deve-se ao facto de ter existido neste lugar uma família de ascendência espanhola, “Queixa”, que tinha um cão,“Perro”; havia neste lugar uma caixa, “Queixa” perra; o nome deve-se ao facto de a terra ter ganho fama por vender bons queijos, “Queixa”, e peras, “Perra”, de boa qualidade…”.

     “A zona ocidental do Concelho de Mação, que abrange as freguesias de Aboboreira e Penhascoso, pertenceu até ao séc. XIX ao Concelho de Abrantes. Na freguesia de Penhascoso existe uma aldeia hoje chamada de Queixoperra, cujo nome, até há poucos anos, era Queixaperra.

     Refere Pinho Leal, no vol. I, pág.20, do seu “Portugal antigo e moderno”, que em 1176 uma senhora chamada Queixa-Perra doou ao Mosteiro do Lorvão muitos bens que possuía em Abrantes.

Texto e pesquisa: Mariana Silva

Rita Marques

9ºA

Fontes: http://queixoperra.com/siteQueixoperra/

 “Ortiga Concelho de Mação no Tempo e no Espaço”, de Leonel R. Mourato