Quarentena

Corpo confinado,

a sociedade posta de lado.

Alma acorrentada

já traumatizada,

com medo, coitada.

As emoções escassas,

e quando felizes , caminham descalças.

Famílias isoladas , 

amizades acabadas.

A nossa voz tapada ,

a querer acabar uma frase inacabada.

Todos resguardados,

a fugir do vírus para que não nos deixe acamados.

Com a economia a descer,

vários problemas irão aparecer.

Muitos adolescentes num sono profundo,

sem perceber o que está a acontecer com o mundo.

E para acabar,

queria dizer que este vírus ainda está para durar.

 Inês Jesus Ferreira  8ºA  Nº6     

Dia Internacional da Poesia – 21 de março

Dia Mundial da Poesia celebra-se todos os anos em 21 de março.

A data foi criada na 30ª Conferência Geral da UNESCO em 16 de novembro de 1999.

O Dia Mundial da Poesia comemora a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. A data visa a importância da reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa. Isso porque a poesia contribui para a diversidade criativa, inferindo na nossa perceção e compreensão do mundo.

Poesia em Portugal

A história portuguesa apresenta muitos poetas cuja obra literária é mundialmente conhecida. Luís de Camões, Fernando Pessoa, António Nobre, Florbela Espanca, José Régio, Natália Correia, Eugénio de Andrade, Cesário Verde, Miguel Torga, Sophia de Mello Breyner Andersen, são alguns dos poetas portugueses mais conhecidos.

Sugestões de atividades

Neste dia realizam-se várias atividades pelo país, sobretudo nas escolas, bibliotecas e espaços culturais. Algumas atividades que se destacam são:

  • escrever um poema sobre o que sente
  • escrever poemas com os amigos
  • declamar poesias
  • reler os poetas e os poemas preferidos
  • colocar poemas em música
  • assistir a encontros de poetas
  • assistir a filmes sobre poetas
  • dizer às pessoas o que sente por elas
  • fazer de cada gesto um poema

No dia 21 de março celebra-se também o Dia Mundial da Árvore. Outra atividade interessante é a construção de uma árvore com folhas de poemas ou mesmo escrever uma poesia sobre uma árvore.

Deixamos aqui o desafio!

Boas leituras e boa escrita!

Dia Internacional da Francofonia – 20 de março

Journée Internationale de la Francophonie – 20 mars

Cette date fait référence à la naissance, le 20 mars 1970 à Niamey (Niger), de l’Agence de coopération culturelle et technique, qui allait devenir l’Organisation internationale de la Francophonie.

Cette année, cette journée s’inscrit sous le thème « Femmes francophones, Femmes résilientes », en hommage à toutes les femmes des 88 États et gouvernements de la Francophonie, qui se battent au quotidien, en particulier pendant cette crise sanitaire sans précédent.

Justement en raison de ce contexte, l’OIF a choisi de célébrer la Journée internationale de la Francophonie dans un format virtuel, avec une programmation spéciale de son émission la « Francophonie, le direct », autour de la thématique « Femmes francophones, Femmes résilientes ».Samedi 20 mars, dès 14h30 (heure de Paris) en direct sur la page Facebook de l’OIF.

Dia do π (Pi)

O Dia do  (Pi) é comemorado anualmente no dia 14 de março.

A escolha da data para o Dia do  prende-se com o facto da notação americana das datas ser MM/DD e não DD/MM. Assim, nos Estados Unidos da América, a notação do dia 14 de março é 3/14, a aproximação mais conhecida de .

O que é o Pi?
O Pi é o número mais famoso da história. Representado pela letra grega  , tem origem na relação entre o perímetro de uma circunferência e seu diâmetro. Curiosamente, embora seja um número, não pode ser escrito com um número finito de algarismos.

3.141592653589793238462643383279502884197169399375105820974944592307816406286208998628034825342117067982148086513282306647093844609550582231725359408128481117450284102701938521105559644622948954930381964428810975665933446128475648233786783165271201909145648566923460348610…

Na língua inglesa, a pronúncia de Pi é a mesma da palavra “pie”, o que significa torta/tarte e assim, no âmbito da disciplina de matemática, as turmas do 10º B (Turismo), 10º B e 11º B (Cozinha/Pastelaria) realizaram trabalhos para honrar o número que nunca mais acaba!

Apresentamos alguns desses trabalhos.

Professora: Maria do Rosário Mendes

Concurso Nacional de Leitura 2020-2021 / fase intermunicipal

Fase Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) do Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2020/2021, cuja entidade organizadora é a Câmara Municipal da Sertã, através da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes (BMPMA)


A fase intermunicipal decorrerá em modalidade online nos dias 22 e 23 de abril (quinta e sexta-feira). No dia 22 de abril realiza-se a prova escrita e no dia 23 de abril a prova oral. As provas decorrerão no concelho de proveniência de cada aluno, nos espaços definidos pela respetiva biblioteca municipal.

Os livros selecionados para a fase intermunicipal são:

1.º Ciclo do Ensino Básico: A vida íntima de Laura, de Clarice Lispector – Relógio D’Água
2.º Ciclo do Ensino Básico: O livro que só queria ser lido, de José Jorge Letria – Texto Editores
3.º Ciclo do Ensino Básico: Vanessa vai à luta, de Luísa Costa Gomes – Porto Editora
Ensino secundário: A vida de um homem que perseguia poemas, de Joana M. Lopes – Alêtheia Editores

Caso tenhas dúvidas ou questões, dirige-te ao professor bibliotecário ou à tua professora de Português.

Boas leituras!

A Minha Terra

Mação é uma vila muito bonita e onde eu gosto muito de viver. Tanto os monumentos como as paisagens são lindas, as paisagens em si já foram mais exuberantes, mas acredito que voltarão a ser robustas e verdes, tal como antes, quem sabe ainda mais que antes.
 Em Mação existem áreas de florestas e áreas urbanas, eu vivo no campo onde existem vários animais e diferentes tipos de plantas. 
Existe um museu, onde pessoas de todo o mundo vêm estudar achados arqueológicos. Entusiasma-me a ideia de um dia poder saber mais sobre eles. Existem também uma igreja e várias capelas antigas que inspiram lendas de tempos antigos. Recentemente foram criadas rotas de percursos pedestres que permitem descobrir a beleza natural da terra e que têm atraído vários visitantes e turistas. O lago dos peixinhos, o labirinto, o caracol, tal como outros lugares são sítios populares entre os moradores de Mação. O concelho é atravessado por várias ribeiras e foram construídas praias fluviais no Carvoeiro
e em Cardigos; ambas aldeias do concelho. O Rio Tejo passa na aldeia de Ortiga e existem várias atividades que se podem realizar no rio e zona envolvente.
Todas estas são razões para visitar o glorioso concelho de Mação, em qualquer época do ano.


Leonor Rodrigues, 8ºA

Concurso Nacional de Leitura

14º Concurso Nacional de Leitura
Ano letivo 2020 /2021


Decorreu ontem, dia 3 de março, por videochamada, a fase municipal deste concurso.

Publicitamos a lista enviada pela BECRE do nosso Agrupamento:

Lista dos alunos apurados para a Fase Intermunicipal

1º ciclo


Benedita Alves Raimundo;
Francisco Gueifão Brito;
Francisca Cardoso Vitor;

2º ciclo


Beatriz Margarida Barreta; 6ºB
Miguel Piçarreira Fernandes; 5ºA
Ana Rita Claro; 6ºB

3º Ciclo


Jéssica Maria Moucho; 8ºA
Martim Carvalho Estrela; 8ºA
Gustavo Alexandre Santos. 9ºB

Secundário

Margarida Lopes Saramago; 10º A
Saúl Filipe Jesus Santos; 11º A LH
Beatriz Silva Aparício; 11º A CT


Agradecemos ao júri do concurso e à Biblioteca Municipal.

Dia Internacional da Língua Materna – 21 de Fevereiro

Como atividade comemorativa do dia da nossa língua, considerou-se ouro sobre azul a publicação de textos escritos pelos nossos jovens dando mostras do nosso património linguístico e enaltecendo o que é o nosso património ao nível do território para também o valorizar.

Assim, apresentamos pequenos textos elaborados por alunos das turmas A e B do 8º ano.

Continuem a escrever!

Boas leituras!

Professora: Anabela Ferreira

Mação, um porto seguro

 Desde sempre vivi aqui,  em Mação, um concelho no centro do país, no distrito de Santarém,
 rodeado por magníficas paisagens cobertas por lindos campos verdes.
Viver no campo tem diversas vantagens, que me fazem adorar Mação. Existe pouca poluição atmosférica,  a confusão e o trânsito são raros, a qualquer momento ando um par de metros e encontro-me com amigos, entre muitas outras.
 Aqui podemos desfrutar de diversas atividades turísticas, como uma visita ao Museu de Arte Pré-histórica, o visionamento de filmes, peças de teatro, palestras e outro tipo de apresentações no auditório municipal e no cineteatro. No verão devemos dar um mergulho nas piscinas municipais, a preços bastante acessíveis,  se quisermos explorar o mundo natural, podemos ir a diversas ribeiras em todo o concelho.
 Nesta terra é produzida uma enorme quantidade de diversidade gastronómica saborosa e adorada aos olhos de todos, somos exímios na produção de presunto, mel, vinho e azeite.
Recomendo assim a visita de todos a esta maravilhosa vila, assim que as circunstâncias o permitam. Todos aqui serão bem recebidos por este povo simpático e amável, diversão e interesse não lhe irão faltar na sua estadia aqui!

Martim Estrela, 8ºA