O coração falou muito alto!

José Saramago é um escritor que dispensa apresentações.  A sua vasta OBRA e excecional talento literário são mundialmente considerados. A par destes reconhecimentos, da minha parte, professora Isabel André, existe uma valorização pessoal pela escrita do autor, desde que o conheci como escritor e, presencialmente, como um ser humano muito particular. Assim, no decorrer deste ano letivo, o meu coração falou muito alto e conduziu-me à ambição de partilhar com a comunidade educativa UM “Memorial do Convento”, visto pelos olhos dos alunos das turmas B e C do décimo segundo ano, dos Cursos Profissionais de Técnicos de Mecatrónica Automóvel, Cozinha/Pastelaria e Turismo.

A motivação intrínseca já estava enraizada desde o décimo ano, quando contactaram com a obra do autor, ao visualizarem, em contexto de sala de aula, o filme “Ensaio Sobre A Cegueira”, realizado a partir da obra deste homónimo. Refletiu-se sobre o respetivo tema, sem adivinharmos que, um mês depois, sofreríamos de uma pandemia (Covid-19) que em tudo se assemelhou ao que é narrado/apresentado na narrativa de José Saramago.

Chegados ao último ano dos respetivos cursos profissionais, e à medida que foi sendo lecionado o conteúdo, desafiei os discentes a recriarmos ao vivo o «nosso» MEMORIAL DO CONVENTO, de José Saramago. A minha proposta foi deveras muito bem aceite, pelo que, daí em diante, nunca mais paramos … fomos a Mafra, assistimos ao espetáculo representado pela companhia de teatro Éter, recriamos cenários, recolhemos vestuário, selecionamos imagens, textos e refeições próprias da época … criamos!

Chegou o momento!

Em maio apresentamos o nosso trabalho. Todos os espaços do Bloco B da nossa escola foram preenchidos com as diferentes linhas de ação da obra: um quadro vivo com a recriação dos espaços físicos, a presença das respetivas personagens caracterizadas à época, textos ilustrativos, expostos e lidos nos pertinentes lugares, bem como a audição das “Sonatas” do músico Domenico Scarlatti. Todos os visitantes tiveram oportunidade de responderem ao questionário elaborado, partindo da leitura do QR Code exposto no átrio inicial da visita; acabado o percurso, cada participante obteve a pontuação do respetivo desempenho.

Hoje, sentimos que contribuímos para o nosso enriquecimento pedagógico sobre a obra estudada, mas ficamos particularmente cientes que, cada um dos que viajou connosco, ficou sensibilizado com o trabalho exposto e motivado para o estudo da obra “Memorial do Convento”.

Neste ano em que comemoramos o centenário de José Saramago, aqui apresentamos o nosso tributo.

Obrigados, José Saramago!

Mação, maio de 2022

A professora de Português: Isabel Cristina André

Os alunos das turmas B e C do 12º Ano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s