Semana Ubuntu do AEVH

Entre os dias 9 e 13 de maio teve lugar no Auditório Elvino Pereira a primeira semana Escolas UBUNTU do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte (AEVH), na qual participaram 24 alunos, 4 professores e dois técnicos do SPO.

Numa parceria com o Instituto Padre António Vieira (IPAV) – Academia de Líderes Ubuntu – o programa Escolas Ubuntu, promovido pela DGE e criado a partir de um modelo de educação não formal, foi implementado ao abrigo do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar (PNPSE) e visa a capacitação pessoal e social de jovens para a liderança servidora.

A filosofia do movimento universal Ubuntu, nascido na África do Sul, baseia-se no poder da entreajuda, do altruísmo e da confiança a partir da comunidade escolar. Assim, para que possamos construir pontes, criando ligações empáticas, é importante saber colocarmo-nos no lugar e no sentir do outro.

Sabendo que UBUNTU se traduz na expressão “Eu SOU porque TU ÉS” e colocando a tónica na valorização da interdependência e da solidariedade, esta filosofia, desenvolvida a partir do modelo de liderança servidora e inspirada em figuras como Nelson Mandela, Malala, Gandhi, Martin Luther King Jr., Desmond Tutu ou Madre Teresa de Calcutá, tem em vista a construção de uma sociedade mais proativa, justa, equitativa e resiliente. “Eu sou porque tu és” é a tradução de uma prática que reflete, pois, a crença na bondade humana e a esperança num futuro mais solidário e feliz.

O método Ubuntu tem como principal objetivo o desenvolvimento de cinco pilares centrais – o autoconhecimento, a autoconfiança, a resiliência, a empatia e o serviço – sendo que ao longo da Semana Ubuntu do AEVH, estes cinco pilares foram trabalhados pelos participantes através de diferentes dinâmicas de trabalho, jogos, visualização de filmes e debates. Durante cinco intensos dias de crescimento pessoal e coletivo, alunos e professores, com a preciosa ajuda de uma representante da Academia de Líderes Ubuntu, Vera Lomba, embarcaram numa “fascinante viagem ao âmago de si e do outro”, vivenciando cinco maravilhosos seminários temáticos: Liderar como Mandela (dia 1); Construir Pontes (dia 2); Vencer Obstáculos (dia 3); Vidas Ubuntu (dia 4) e I Have a Dream (dia 5).

Todos os participantes tiveram a oportunidade de experienciar momentos únicos de partilha, de reflexão, de responsabilidade e de cuidado para com o outro, pondo em prática diversificadas atividades que visaram, sobretudo, o desenvolvimento e a promoção das suas competências pessoais, emocionais, sociais e cívicas.

No final desta experiência enriquecedora, os intervenientes foram unânimes em afirmar que as ferramentas pessoais e sociais que adquiriram e/ou lapidaram, potenciaram não só as suas capacidades cognitivas, como contribuíram, também, para o aumento das suas competências de comunicação e criatividade, aptidão na gestão de conflitos e faculdade de negociação. O espírito/laços de grupo estabelecidos, a consciência do outro e as competências socioemocionais alcançadas são, sem dúvida, poderosas ferramentas de trabalho, essenciais e transformadoras, capazes de criar a ponte entre a realidade individual de cada um e as suas verdadeiras aprendizagens para a vida.

Findada esta inesquecível semana, e porque o querer continuar a “crescer” e a fazer mais e melhor, quer por si, quer pelo outro, é palavra de ordem, segue-se a criação do Clube UBUNTU do AEVH, cuja missão se prende com a execução de um plano de atividades que concretize a ética do cuidado para consigo, para com o outro e para com o planeta, fundada na construção de pontes e no espírito de uma liderança servidora.

Nas palavras de Desmond Tutu, Prémio Nobel da Paz, “Ubuntu é uma maneira de estar na vida. É uma palavra que condensa a verdadeira essência do que é ser Humano. A minha humanidade está intrinsecamente ligada à tua e, por isso, eu sou humano porque pertenço, participo e partilho de um sentido de comunidade. Tu e eu somos feitos para a interdependência e para a complementaridade.”

A nós, professores e técnicos, resta-nos dizer que foi com um enorme orgulho e satisfação que vimos a entrega, a motivação, o empenho, o entusiasmo e a atenção com que os nossos alunos viveram e/ou dinamizaram, de forma reflexiva, os vários momentos desta memorável semana.

Concluímos, afirmando em uníssono, que acreditamos ter, nas mãos destes jovens Ubuntus, transformados em verdadeiros empreendedores sociais, a esperança de um mundo melhor, mais coeso, mais justo, mais humano…

Prof.ª Ana Gameiro (formadora Ubuntu)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s