Poluição dos mares e oceanos

Os oceanos representam 71% da superfície da Terra e 97% dos recursos hídricos do nosso planeta, sendo uma das maiores fontes de recursos biológicos, naturais e económicos. Apesar da sua importância para a vida na Terra, os mares e oceanos estão cada vez mais poluídos.

Hoje em dia, a poluição marítima é de tal maneira preocupante, que é necessário que o homem tome consciência dos erros que diariamente comete.

Todos os anos são despejadas nas praias e nos mares cerca de 8 milhões de toneladas de plásticos, o equivalente a 57 mil baleias azuis!

O plástico que existe no mar é superior ao número de peixes que aí habitam. Acredita-se que existem 270000 toneladas de plástico e de lixo marinho a boiar nas águas marítimas. 70% desse lixo afunda, acumulando-se no fundo do mar. Entre os países que mais contribuem para esta poluição encontram-se a China e a Indonésia. Como consequência, os mares e oceanos estão a transformar-se na maior lixeira do nosso planeta!

Dado que os plásticos não se decompõem, pois não são biodegradáveis, eles acabam por trazer grandes prejuízos para o Ambiente. É difícil calcularmos o tempo de degradação dos diferentes plásticos, mas sabemos que, por exemplo, as redes e fios de pesca demoram 600 anos a degradar-se e as garrafas de plástico e as fraldas permanecem intactas durante 450 anos. Já os sacos de plástico demoram entre 10 a 20 anos a decompor-se e as pontas de cigarro ficam inteiras entre 2 a 5 anos.

A enorme quantidade de plástico que existe nos oceanos origina grandes impactos na biodiversidade e ecossistemas marinhos, sendo a causa de morte de imensos animais que ficam presos nesses lixos ou que, por confundi-los com as suas presas, os ingerem.

Porque não há Planeta B, para minimizarmos este problema, devemos pôr em prática, entre outras, as seguintes ações: reduzir o consumo de plásticos descartáveis; reutilizar o maior número de vezes possível, os diferentes materiais de plástico para a função a que se destinam; reciclar todo o lixo de plástico já sem utilidade; não atirar lixo para o chão; ajudar a sensibilizar familiares, amigos e conhecidos para a questão da poluição marítima e, sempre que possível, participar em ações de limpeza das praias e dos locais onde habitamos.

Texto coletivo da turma A, do 6.º ano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s