Os Direitos Humanos na primeira pessoa I

(marcadores e cartazes)

O Clube Europeu, para assinalar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, pediu para participarmos em algumas atividades. Este dia comemora-se a 10 de dezembro e é um dia muito importante, porque todos nós temos direitos, mas também deveres.

Na aula de História e Geografia de Portugal fizemos marcadores de livros. Para o meu marcador escolhi um pinguim como animal aquático, porque este ano o tema do Clube Europeu é “Os oceanos.” Também tivemos que escolher uma palavra da lista dos Direitos Humanos e escrevê-la no marcador. Eu escolhi “Proteção”, porque acho que todas as pessoas, quer sejam adultos ou crianças, e até os animais, têm o direito a ser protegidas. No fim decorei o marcador ao meu gosto.

Nas disciplinas de Educação Visual e de Educação Tecnológica fizemos cartazes com algumas palavras-chave relativas aos Direitos Humanos. O meu cartaz tinha escrito a palavra “Participação” que foi feita com a técnica do ponto, linha e cor. Primeiro selecionei as letras que precisava e depois desenhei linhas dentro das letras. As linhas que escolhi foram onduladas. Depois escolhi as cores vermelha, azul e amarelo e colori a palavra “Participação” de uma forma sequencial. De seguida, fiz um desenho sobre a palavra e colei numa cartolina.

Os marcadores fizeram parte de uma exposição e os cartazes foram expostos na sala dos professores e no corredor do bloco B.

Gostei muito de fazer estes trabalhos principalmente sobre este tema, porque faz-nos pensar de que forma podemos viver melhor uns com os outros.     

          Francisco Brito Nº 7 do 5.ºA   

Nas aulas de História e Geografia de Portugal, e nas aulas de Educação Visual e de Educação Tecnológica fizemos trabalhos em homenagem aos Direitos Humanos e neste texto vou falar como fiz esses trabalhos.

O trabalho de História e Geografia de Portugal era fazer um marcador sobre um dos direitos e eu escolhi o direito a ter uma Nacionalidade.

Cada marcador tinha um animal marinho. Eu escolhi um búzio e fiz um desenho sobre o Direito Humano.

                                                             

Nas aulas de Educação Visual e de Educação Tecnológica tínhamos que escolher um Direito Humano e fazer um cartaz. O direito que eu escolhi foi “Saúde“. No cartaz, para decorá-lo, tínhamos de colocar um emoji e o meu era de um coração pintado com lápis de cera.

Gostei muito de fazer os trabalhos, porque gosto de pintar e desenhar.

Gabriel Dias N.º7 do 5.ºB

Numa aula de História e Geografia de Portugal foi-nos dada uma lista de palavras sobre os Direitos Humanos e tínhamos de escolher uma. Eu escolhi a palavra “SAÚDE.”

Após escolhermos uma palavra associada aos Direitos Humanos escrevemos num marcador que tinha desenhos de animais marinhos e eu escolhi o de um peixe.

Nas aulas de Educação Visual e de Educação Tecnológica foi-nos apresentado o tema “Direitos Humanos.” O professor Rodrigo Goulão escolheu uma palavra para cada aluno e a minha foi “NACIONALIDADE.” Escolhida a palavra, tinha de fazer um cartaz utilizando papel cavalinho A3. Usei vários materiais, recortei as letras, pintei-as com lápis, colei e depois desenhei uma “bandeira sorriso” onde usei lápis de cera e giz.

Lucas Borges N.º11 do 6.ºB

O meu marcador era sobre o Asilo. Na parte de trás do marcador eu desenhei uma pessoa num rasto de destruição, lá no fundo havia uma linda aldeia para onde a pessoa foi viver (Asilo).

O meu cartaz era sobre a Igualdade e eu desenhei “1=1”.

Eu adorei estas atividades!


Dinis Rei N.º5 do 5.ºB

Com estes trabalhos deu para perceber e aprender mais sobre os Direitos Humanos, ou seja, todos os seres humanos, apesar de serem diferentes, devem ter os mesmos direitos.

A atividade dos marcadores, na disciplina de HGP, foi muito divertida e esclarecedora!

A atividade dos cartazes, em Educação Visual e Educação Tecnológica, foi igualmente divertida e agradável.

Eu gostei muito destas atividades, porque consegui aprender mais sobre os Direitos Humanos, percebi melhor que todo o ser humano tem direito à Igualdade, cuidados de Saúde, ter um Trabalho e à Liberdade, entre outros direitos.

O marcador que escolhi foi o do golfinho e a palavra que escolhi foi “Igualdade.”

A palavra que me foi atribuída para o cartaz foi “Dignidade.”

Diverti-me bastante com estas atividades e aprendi coisas que todas as pessoas deviam saber!

Ashley Mendes N.º 1 do 6.ºB

Eu escolhi a palavra “Liberdade”, porque acho que todos os seres vivos deveriam viver em liberdade sem sofrerem qualquer tipo de repressão ou perseguição.

Escolhi um marcador com o desenho de um polvo, por ser fisicamente diferente dos outros, mas também merecer ser livre.

No cartaz sobre os Direitos Humanos desenhei um homem recatado, ao pé da árvore a ler um livro, e a palavra escolhida foi “Privacidade”, pois a privacidade de cada pessoa deve ser respeitada garantindo deste modo a sua liberdade.

Matilde Pimenta N.º 14 do 6.ºB

A professora de HGP deu-nos a opção de escolher uma palavra que aparecia no quadro sobre os trinta Direitos Humanos e eu escolhi “LAZER”, e também nos apresentou diversos marcadores e eu escolhi o do golfinho.

Comecei por pensar em tipos de letra e então pensei no tipo de letra perfeito para o meu trabalho! Escrevi a palavra no marcador, a lápis, e depois quando achei que tinha feito bem contornei a caneta. A professora disse que, se nós quiséssemos ilustrar a parte de trás do marcador podíamos fazê-lo, então como a minha palavra era LAZER, desenhei uma criança a ver televisão.

Nas aulas de Educação Visual e de Educação Tecnológica deram-me uma palavra sobre os Direitos Humanos e as letras do alfabeto.

Em primeiro lugar fiz seis manchas em cada letra que precisava para escrever a palavra “Privacidade” e apliquei a técnica do ponto e linha dentro das manchas. De seguida colei as letras numa cartolina azul pois o professor Rodrigo Goulãodisse que, na minha palavra, ficava melhor e contornei com caneta de ponta fina.

Depois de ter contornado a palavra recortei-a e colei na cartolina.

Mostrei o meu trabalho ao professor Rodrigo Goulão que disse para fazer um emoji onde poderia aparecer um cadeado com uma chave pois a minha palavra era “Privacidade.”

Mafalda Silva N.º 5 do 6.ºA

Dentro do tema dos Direitos Humanos fiz, na aula de OGM, um marcador com um animal marinho e escolhi escrever a palavra “Saúde”, porque é algo essencial à vida humana.

Como o tema do marcador era “Os oceanos” escolhi a cor azul.

Nas aulas de Educação Visual e de Educação Tecnológica, desenhei meninos e meninas de várias cores, no meu cartaz, porque todos devem ter acesso à “Saúde“, independentemente da cor, do sexo, da religião e outros aspetos que possam ser diferenciadores.

Samuel Alves N.º17 do 5.ºC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s