A fuga do gatil

Era uma vez um gato chamado Pantufa, que vivia uma regalada vida, cheia de mordomias. O bichano habitava numa luxuosa mansão, até ao dia em que o seu dono perdeu todos os seus bens e foi obrigado a vendê-lo para se conseguir sustentar. Como tinha pedigree, Pantufa valia muito dinheiro!

Infelizmente, num dos seus passeios matinais, perdeu-se, acabando por ir parar a um gatil, onde encontrou vários outros gatos, mas nenhum com tão bom trato como ele: uns tinham o pelo laranja, outros eram altos, outros magricelas, alguns não tinham cauda… enfim, eram quase todos gatos de rua, ao contrário dele que era um gato de raça pura!

O nosso gato foi colocado numa box e logo fez amigos: o Maurício e o Purpurinas, animais de estimação que, tal como ele, tinham sido encontrados a vaguear pelas ruas por se terem perdido.

Desejosos de liberdade, eles planearam a sua fuga. Enquanto pensavam num plano, Maurício teve uma ideia e disse:

– Vamos esperar que chegue a noite. Depois, aproveitamos o facto de o guarda estar a dormir e roubamos-lhe a chave.

O Purpurinas e o Pantufa aceitaram imediatamente e exclamaram:

– Sim! Sim!!! – gritaram em coro.

Pacientemente, esperaram até à noite para meterem o plano em ação. Chegado o momento oportuno, roubaram a chave e, sorrateiramente, escaparam do gatil, indo cada um para o seu lado.

Por sorte, encontraram o caminho de volta a casa, onde viveram alegremente o resto dos seus dias na companhia dos seus adorados donos.

E assim, os três sortudos gatos viveram felizes para sempre.

Miguel Fernandes, 6.ºA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s