Sem pontapés na gramática…

Pousar ou posar?! Hoje, vais ficar a saber mais sobre esta particularidade linguística.

Pousar e posar são casos de paronímia, isto é, são palavras semelhantes, quer na grafia, quer no som, mas possuem origem e significado diferentes.

Utilizá-las corretamente faz parte do nosso dever enquanto falantes da nobre “língua de Camões”, também conhecida como “a última flor do Lácio”, expressão usada no soneto Língua Portuguesa, do escritor brasileiro Olavo Bilac.

Mas partamos para a análise linguística de ambos os vocábulos.

O sentido que se atribui a pousar faz referência a algo que se encontra no ar e que está prestes a tocar a superfície. Por essa razão, pousamos os talheres sobre a mesa, pousamos um embrulho no chão, presenciamos uma aeronave a pousar ou a aterrar na pista…

Por sua vez, posar, cuja origem estreita laços com a língua francesa, faz referência ao ato de permanecer imóvel numa determinada posição.

Assim sendo, deverás ter sempre em mente que pousar significa “chegar à superfície” ao passo que posar significa “fazer pose”.

Nota bem:

O avião pousa na pista.

 O gato posa para a fotografia.

Para bem falares e bem escreveres, não percas o próximo artigo deste Sem Pontapés na Gramática.

Até para a semana e… cuidado com a língua!

As professoras,

Ana Gameiro e Clara Neves

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s