Notícias da L.E.C.A.

In Contos de Encantar

 

Pulgas e Pulguinhas

            Era apenas um dia numa tarde de novembro em Ferreira do Zêzere, quando a Joana decidiu adotar um cão, pois morava sozinha e queria companhia .

Mas como ela não era muito decidida, ligou à mãe para perguntar se podia ir com ela:

-Vá lá, mãe, é só desta vez, eu juro!

-Está bem, filha, mas já devias tomar as tuas próprias decisões.

Quando a mãe chegou a casa dela, começaram por escolher onde iriam.

-Serra da Estrela.

-Não, muito longe – prosseguiu a mãe.

-Abrantes, pode ser?

-Hum… acho que sim.

-Ainda bem.

Chegaram a Abrantes, elas escolheram o cão e foram embora.

-Au, au  – ladrava o cão alegremente.

-Fizemos bem em adotar este pastor alemão – comentavam as duas.

Todavia, entrou em casa, já sozinha, e esqueceu-se de lhe dar banho e ele estava cheio de pulgas e pulguinhas.

Jantaram e tinha chegado a hora de ir dormir. Como era o primeiro dia com o cão, dormiu com ele na sua cama.

Escaparam-se horas e horas, o despertador tocou, levantou-se e tomou o pequeno-almoço, sentou-se no sofá e esperou o cão acordar.

-Hahaha – ria ela enquanto assistia à televisão – o que é isto,… estou cheia de comichão …, devia de ter dado banho ao cão!…

Como ela era comichosa , preguiçosa e corajosa , passou a dar , todos os dias , banho ao cão.

 

Inês Jesus Ferreira, 7ºA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s