Agrupamento mantém papel de destaque no Empreendedorismo – alunos 10º A ganham o prémio de “A ideia mais inovadora a nível empresarial”

IMG_20150311_141504

(Clica aqui para veres as restantes fotos.)

Este ano letivo o nosso Agrupamento manteve a sua já longa atividade de desenvolvimento do empreendedorismo, operacionalizando-o do 1º ciclo ao secundário e deu, mais uma vez, mostras de que somos empreendedores, trazendo para casa mais prémios. De facto, estamos de parabéns, a equipa “MacInovation” representante do Projeto EmpreEscola – empreender no secundário, dinamizado pela Nersant e pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, venceu uma das categorias em concurso a de “A ideia mais inovadora a nível empresarial”.

A equipa, composta por quatro alunos, Rodrigo Leitão; Ricardo Veiga; Gonçalo Martins e João Ferreira, do 10º A, desenvolveu e apresentou um Projeto empresarial à volta de um produto inovador: o “CapSound”, uma touca de natação com pequenas colunas incorporadas, anatomicamente ajustáveis aos ouvidos, que permitem a transmissão de músicas, mensagens… através de um dispositivo (telemóvel, tablet, computador…), que funciona por Bluetooth.

A ideia/produto surgiu da necessidade, constatada pelos alunos, de algo que tornasse os treinos ou outras situações de lazer no meio aquático, menos entediantes e repetitivos, já que isto acontece na prática regular dos desportos. A equipa procurou soluções para este problema chegando à música, que era a forma de entretenimento com que os alunos mais se identificavam e que, por si só, funciona como uma terapia, não só porque nos descontrai mas também nos motiva. Assim sendo, ponderámos o que era preciso para a sua concretização e, depois de ultrapassadas muitas ideias e dificuldades, surgiu a CapSound, cuja idealização do produto surge na imagem a seguir.

Como podemos ver, é uma touca que tem incorporada a nível interno pequenas colunas, anatomicamente ajustáveis aos nossos ouvidos (o que por si só a torna mais funcional e com maior qualidade estética), funciona por Bluetooth a partir de qualquer dispositivo acessível a todas as pessoas e, apesar de ter nos jovens o seu maior público alvo, é transversal a qualquer setor etário, destacando-se a sua adaptabilidade aos seniores que revelam dificuldades de audição.

Enquanto coordenadora deste projeto, deixo uma palavra de apreço ao senhor Diretor e respetiva Direção, que tiveram sempre uma palavra amiga de incentivo e motivação ao nosso trabalho; ao professor Aquilino Neves pela ajuda preciosa que nos deu na aprendizagem do Prezi, que explorámos na nossa apresentação em sessão de júri; à Câmara Municipal de Mação por nos ter disponibilizado o transporte e, como não poderia deixar de ser, aos meus alunos “empreendedores” pela paciência e gentileza  que tiveram comigo nas muitas horas de trabalho que tivemos juntos. Como já tive oportunidade de lhes dizer, ainda antes de saber o resultado final, foi um privilégio trabalhar com eles e, independentemente do prémio (que é sempre muito recompensador e gratificante), o importante é dar relevo à capacidade para transformar ideias em projetos focados na inovação, na diferenciação e na criação de valor. A todos, bem haja!

A professora: Ermelinda Martins

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: