Urgências…

 

A turma 8º B, ao estudar este período, alguns poemas, elaborou outros, alguns deles colectivos. Aqui fica o último, baseado na leitura de um poema de Eugénio de Andrade.

Urgências… 

É urgente destrui a solidão,

A guerra, a violência, a desunião.

É urgente destruir tudo aquilo que dói,

A poluição que destrói.

É urgente destruir a maldade que separa o mundo,

A tortura que conduz ao fundo.

É urgente destruir os roubos

E o racismo entre todos.

É urgente construir uma vida sem tristeza,

E boas mentes com pureza.

É urgente construir novamente os sonhos de criança,

Para haver uma esperança.

É urgente construir para todos uma família unida,

Amores com vida.

É urgente construir a verdade,

A amizade.

É urgente construir olhos de felicidade

E reinventar a solidariedade.

Elaborado por:

Turma do 8ºB

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: