Atividades da Biblioteca Escolar

No mês de outubro está a decorrer o 1º Concurso de Quadras/ Estrofes

A equipa da biblioteca escolar convida todas turmas do Agrupamento (alunos do 1º ciclo: 3º e 4º anos; 2º; 3º ciclos e secundário), a participar no 1º concurso de Quadras/ Estrofes.

O regulamento do concurso, segue em anexo,

A equipa da biblioteca escolar,

António Bento

Atividades da Biblioteca Escolar

Outubro é o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares  e as bibliotecas escolares do Agrupamento associam-se a esta comemoração com a atividade  no dia 28 de outubro:   “JOVENS LEITORES”

Descrição da atividade:

Cada um dos participantes da atividade “JOVENS LEITORES”  irá ler na turma selecionda um excerto de um livro à sua escolha ou um comentário a incentivar a turma à promoção e gosto pela leitura. Informo que todas as turmas do agrupamento participam.

A equipa da biblioteca escolar,

António Bento

Atividades da Biblioteca Escolar

Outubro é o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares  e as bibliotecas escolares do Agrupamento associam-se a esta comemoração. As bibliotecas escolares desempenham um papel muito importante nas escolas e são um veículo de transmissão de conhecimento, não apenas através dos livros mas também das atividades que aqui se desenvolvem.

No dia 26 de outubro, comemora-se o dia das Bibliotecas Escolares, com o objetivo de destacar a importância das bibliotecas escolares na educação, assim como promover o gosto pela leitura.

Atividade a realizar:   “ADULTOS LEITORES”

Descrição da atividade:

Cada um dos participantes da atividade “ADULTOS LEITORES”  irá ler na turma selecionda um excerto de um livro à sua escolha ou um comentário a incentivar a turma à promoção e gosto pela leitura. Informo que todas as turmas do agrupamento participam.

A equipa da biblioteca escolar,

António Bento

Uma carta inesperada

Mação, 24 de setembro de 2020

Minha querida tia,

As aulas começaram e vou falar-te um pouco das minhas vivências neste novo ciclo.

Como sabes, mudei para uma nova escola, da qual estou a gostar muito. Conheci novos colegas e novos professores, com quem simpatizo, e passei a ter inúmeras disciplinas! Não fazes ideia de quantas! No entanto, como deves calcular, estou tranquila, pois sou uma aluna aplicada, concentrada e gosto muito de trabalhar. Nem imaginas a atenção com que estou nas aulas!

Hoje, com o professor de Matemática, fiz a minha primeira pesquisa sobre números naturais e, para segunda-feira, terei de fazer uma outra sobre expressões idiomáticas! Na aula de Português iremos assinalar o Dia Europeu das Línguas.

No fim de semana, escrever-te-ei para te pôr a par das novidades. Por agora terei de ir, pois a responsabilidade chama-me. Vou preparar a mochila para amanhã. Não me quero esquecer de nada!

Espero que esteja tudo bem por aí. Sabes que gosto muito de ti.

Grandes beijinhos da tua sobrinha que te adora,

Eva (5ºA)

P.S. Na aula de Ciências Naturais, a professora falou sobre o planeta Terra!

                             

                                                

A importância das cartas escritas à mão

Há quem nunca tenha ido aos correios enviar uma carta! Não é de estranhar, pois, nos dias de hoje, enviam-se mensagens rápidas e práticas, que estão à distância de um clique: SMS, e-mail, WhatsApp, Messenger, Facebook, Instagram são alguns dos meios de comunicação da chamada “era digital” em que todos mergulhámos!

Mas, sabias que receber uma carta de agradecimento, por correio, causa um maior impacto emocional do que receber mais um e-mail, que chega juntamente com outros 300 do mesmo género?!

Escrever uma carta à mão é, pois, uma poderosa ferramenta de comunicação. Para além de estreitar laços com aqueles que as recebem, ela será relembrada, relida e apreciada sempre que essas pessoas o desejarem. Sim, todos sabemos que, com o passar dos anos, o papel poderá amarelecer. Todavia, a mensagem nelas contida permanecerá fisicamente eterna, sendo guardada no velho baú das recordações felizes e mantida emocionalemente viva na memória de quem as recebeu…

Assim, aproveita as épocas festivas, como o Natal, a Páscoa ou uma data especial, como um aniversário, para enviares uma carta por correio.

Vivemos, fruto da atual situação pandémica, num mundo cada vez mais isolado e tendencialmente mais individualista. Fomos /somos obrigados a afastarmo-nos de familiares e amigos que tanto estimamos e sabemos que a solidão impera em muitos lares, sobretudo junto dos mais idosos, que tanto precisam de companhia e de afetos.

Para encurtares a distância daqueles que te são mais queridos, dedica-lhes um pouco do teu tempo e envia cartas! Acende sorrisos, ilumina corações, suaviza as saudades dos que estão longe, mesmo que, geograficamente, possam viver bem próximos de ti…

Boas missivas e… boas leituras!

Profª Ana Gameiro

Soltando as palavras como bolas de sabão…

POESIA… uma janela aberta sobre o mundo maravilhoso das palavras. Palavras que sentimos e guardamos no fragmento mais profundo, mágico, intenso, misterioso e secreto do nosso âmago

ANSIEDADE

Hoje regresso às aulas,

Desinfeto as mãos antes de entrar…

Nas salas

Tento respirar,

Mas sinto o pânico a atacar.

Sento-me numa cadeira a ouvir

O professor a falar.

Sinto olhos que me estão a fitar

E esforço-me para não deixar

As lágrimas derramar.

As minhas mãos tremem como

Um barco no mar.

Respiro, lentamente, para me acalmar.

Pode parecer triste, mas na realidade

Isto é só a minha ansiedade.

                               Sofia Cabrita, 7ºA

Poema coletivo

Afetos

Ninguém está proibido de amar,

É preciso pensar para poder amar

E a felicidade não pode faltar.

O amor é uma amizade mais profunda,

Pois a amizade é amar o próximo.

Todos nós temos liberdade para amar.

A alegria de poder sonhar também existe

E o amor é o sol a brilhar.

Este sol cresce a brilhar

E rir faz parte da felicidade.

Chorar faz parte da tristeza.

A bondade é ajudar o próximo.

Podemos dormir para esquecer a tristeza e,

Sem crueldade no pensamento,

Sonhar com a leveza de uma pena

A ternura de gostar do próximo.

Não podemos ter vergonha de encontrar o amor.

8ºB

Dia Europeu das Línguas 2020 – Falar com mais de 60 línguas diferentes

Europa: tão pequena e tão grande!

O continente europeu conglomera cerca de 50 países, 27 dos quais fazem parte da União Europeia. Assim, na Europa são falados mais de 60 idiomas diferentes, entre línguas oficiais, regionais e dialetos do povo.

Com vista a promover o multilinguismo e incentivar os cidadãos europeus a aprender novas línguas, foi instituído, por iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, o Dia Europeu das Línguas (DEL), que se celebra, todos os anos, no dia 26 de setembro, e se comemorou pela primeira vez em 2001.

Deste modo, e como todos os cidadãos devem conhecer o mundo que os rodeia os alunos da escola pesquisaram as diversas línguas e expressões idiomáticas em português, espanhol, francês e inglês, com o objetivo de melhorar a sua cultura e aprendizagem.

Foi um desafio do Departamento de Línguas aos alunos do Agrupamento que fizeram pesquisas sobre expressões idiomáticas e a expressão “Olá! Fala comigo!” em várias línguas da Europa com o objetivo de dar a conhecer a pluralidade linguística deste continente. Aqui fica o resultado! Diverte-te a aprender!…

Texto e fotos de Anaísa Marques, 12ºA